fbpx

Quero ser um franqueado: preciso ter conhecimento no segmento que irei investir?

Para você que está com vontade de abrir uma franquia, mas não sabe ao certo em qual segmento investir, confira as dicas da nossa especialista em franchising e consultora do GSPP, Mércia Machado. Esta é uma decisão importante, que pode não ser tão simples assim.

A primeira dica que deve ser considerada na hora da dúvida é colocar na balança todos os pontos positivos e negativos em relação ao segmento que se pretende investir. A formulação de uma checklist ajudará a trazer mais clareza e objetividade na hora da escolha.

De acordo com a nossa especialista, o ponto positivo ao investir em uma rede de franquia, é todo o suporte e know how que a franqueadora oferece ao franqueado, por isso, a sua formação e experiência independe da área de atuação.

Ao escolher uma franquia que se tenha algum conhecimento prévio do segmento, facilitará em toda a operação, já que o empreendedor leva consigo todo o aprendizado adquirido com a experiência já presenciada.

Entretanto, em alguns casos, o fato de o franqueado ser especialista no segmento, pode complicar a operação, já que o mesmo pode querer fazer tudo do jeito dele, modificando todos os processos que já foram definidos, testados e aprovados pela rede.

De acordo com a Mércia, “o franqueado precisa, antes de tudo, ser um bom gestor, já que a rede de franquia possui, ou pelo o menos deveria possuir, todos os processos e métodos da operação. Por exemplo, investindo em uma franquia de curso de inglês, o franqueado não necessita ser professor de línguas. Ele fará a gestão do negócio e será responsável por contratar os professores, que serão selecionados através de testes formatados pela franqueadora, assim como, todo o roteiro de aulas”.

Investir em um novo ramo de atuação não é um mistério, existe inclusive algumas vantagens. Uma franquia, é um modelo de negócio replicável, tendo cada rede de franquia um perfil de franqueado específico. Por isso, as franqueadoras investem em treinamentos, possibilitando aos franqueados, administrarem, com completo domínio, as unidades que estão à frente.

“O franqueado atuará na gestão da unidade como um todo, desde o relacionamento com os clientes, assim como os controles operacionais e administrativos que vem através do treinamento e acompanhamento fornecido pela franqueadora”, explica a consultora do GSPP.

O grande lance, ao investir em franchising, é não depender de experiências e conhecimentos prévios. O fator decisivo, de acordo com a Mércia, “é investir em um negócio que exista afinidade entre o perfil da franquia e do futuro franqueado”. É importante, para o empreendedor, sentir total segurança com a marca escolhida para o investimento.

Já pelo o lado da franqueadora, “o franqueado ideal para qualquer rede de franquia, é aquele que saiba coordenar a equipe, fazer controles administrativos e, ainda, ter o carisma para atender todos os clientes, garantindo assim o sucesso do empreendimento”, finaliza Mércia.

 

Leu a matéria e ainda ficou na dúvida? Converse com a gente, iremos te orientar na escolha da franquia ideal.

https://guiafranquiasdesucesso.com/franquia-mesma-area-ou-diferente-cases/

Saiba Mais