fbpx

Como se preparar para o Black Friday?

Esse ano, o Black Friday acontece no dia 29 de novembro e o varejo, como de costume, já vem se preparando para a data há meses. Mas antes de qualquer coisa, vamos contar um pouco sobre o que é esse dia e as suas oportunidades de negócio.

O Black Friday surgiu nos Estados Unidos, um dia após ao Feriado de Ações de Graças, onde os varejistas usavam descontos agressivos para liquidar os seus estoques, se preparando para, até então, a principal data do varejo, o Natal.

Todavia, esse nome só foi consolidado na década de noventa, no Estado da Flórida, quando policiais se referiam a esse dia como “o dia negro” em sua tradução literal, pois o trânsito nas cidades ficava intenso e as lojas apinhadas de consumidores. O termo, Black Friday, virou febre em todo o resto do país e em 2001 virou o maior dia de compras nos Estados Unidos, superando o Natal.

No Brasil, o Black Friday só surgiu em 2010. Na época, a data só tinha chegado nas plataformas online, e com o passar dos anos, foi se consolidando. Segundo Ebit|Nielsen, em 2018, as vendas no e-commerce tiveram um faturamento de R$ 2,6 bilhões, gerando um crescimento em 23% em relação a 2017.

Esses números, significam que os varejistas possuem uma ótima oportunidade de aproveitar o dia, ou a semana, de promoção, para aumentar suas vendas. Principalmente, em anos de instabilidade econômica, já que as datas comemorativas mantêm sua importância no varejo, como datas chaves para os lojistas.

Vale ressaltar que para aumentar a sua receita ao seu potencial máximo, é preciso ter em mente alguns cuidados: oferecer descontos reais, se preparar para os desafios de logística, planejar o estoque com antecedência para não ser pego de surpresa e ser criterioso na hora de definir quais produtos vão ter descontos. Escolher os itens mais desejados pelos clientes para atrair mais atenção dos consumidores, é uma ótima tática.

Infelizmente, alguns lojistas acabam fazendo práticas desleais de comércio, como criar descontos falsos ou vender produtos com defeitos. Isso acontece com tanta frequência, que Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou um Código de Ética, no qual os varejistas que quiserem adquirir essa chancela, vão se comprometer em seguir as boas práticas comerciais, ter transparência, além de um serviço de atendimento ao cliente especial para o dia, com um tempo de resposta rápida.

Toda essa preocupação com a data não é apenas para aumentar vendas no dia, mas uma oportunidade para captar clientes que, normalmente, não iriam para a sua loja e foram atraídos pelos preços baixos. A preocupação com a qualidade do serviço e atendimento é o ponto chave para fidelização de novos clientes, e a chance para estreitar os laços com clientes antigos.

Neste ano, a expectativa é que o crescimento seja maior que do ano passado, não só pelas medidas de aumentar a confiança do consumidor nos produtos vendidos e nas lojas, mas por coincidir com a data, no qual as empresas costumam pagar a parcela do 13º salário, dia 29 de novembro.

Apesar do Black Friday, no Brasil, ter uma tradição forte no varejo online brasileiro, a expectativa de crescimento também reverbera nas lojas físicas, e ainda mais nos estabelecimentos que tem um canal omnichannel, o qual oferecem serviços como comprar online e retirar na loja.

Esse serviço, segundo uma pesquisa do Google, faz diferença para 39% dos clientes brasileiros, não só pela economia do frete, mas também para suprir a necessidade imediatista de ter o produto desejado em mãos, o mais rápido possível.

De acordo com a mesma pesquisa do Google, os produtos mais desejados no Black Friday são celulares, com 48% das intenções, seguidos pelos computadores 38%, e então eletrodomésticos com 36%, roupas com 34%, calçados esportivos com 32% e perfumes com 33%. O ranking, porém, não restringe que outros segmentos tenham seu lugar de destaque no dia.

Dessa forma, o GSPP recomenda planejar muito bem o seu negócio, para a chegada do Black Friday, não esquecendo de oferecer produtos e atendimentos de qualidade, para aumentar a suas vendas, não apenas por um dia.

E você, já está preparado para o Black Friday?

Com 25 anos de mercado, o GSPP é referência no mercado de formatação e comercialização de franquia. Confira já as franquias que temos na casa!

Saiba Mais