fbpx

Empreendedorismo no Varejo e Serviço Carioca

Como bons Cariocas que somos, precisamos Fomentar a Indústria do Varejo e Serviços na nossa Cidade Maravilhosa.

Nosso grupo, carioca de nascença, que fomenta e gera negócios ligados ao varejo e serviços para o Brasil, e especialmente para o a nossa cidade maravilhosa, preocupados com o momento político e econômico que o Rio de Janeiro atravessa, está tentando contribuir com a cidade através de encontros de negócios com empresários cariocas, com intuito de trazer e colocar ideias em prática, bate papo com candidatos a prefeitura do Rio, eventos de cunhos sociais ; tudo isso , para efetivamente fazermos o nosso papel de cidadão carioca e do mundo.

Em primeiro lugar vamos tecer alguns comentários a respeito da nossa cidade Maravilhosa com o seu jeito ímpar de fazer negócios.

Uma das identidades da nossa cidade é o seu lifestyle.

Só o Rio possui uma descontração que permite uma renovação e uma inovação única.

O estilo carioca de ser e de fazer negócios mostra um ineditismo incomparável.

Para quem acha que carioca é malandro, podemos citar grandes nomes em diversos setores, a exemplo:

– No empreendedorismo: Jorge Paulo Leman e seu time;

– Na economia: Arminio Fraga, André Lara Resende e Paulo Guedes;

– Na medicina: Ivo Pitanguy e Paulo Niemayer;

– No direito: Nosso saudoso Amigo/Desembargador/Advogado/ Professor e Flamenguista que nos deixou a pouco Sylvio Capanema de Souza;

– Na moda:  Ricardo (Richards) / Oscar (Osklen) / Marcelo (Farm) / Rony (Reserva);

– Na música popular: de Vinicius de Moraes ao nosso querido “malandro” Zeca Pagodinho;

Além destes exemplos, quando entramos na indústria do entretenimento e turismo, também tiramos onda.

Eventos como o Rock in Rio e o nosso Carnaval, não só fortalecem a imagem da Cidade, como geram bilhões para a economia e fomentam milhares de empregos diretos no período em que são realizados.

Não nos alongando mais e entrando no nosso tema central que é o Empreendedorismo através da indústria de Varejo e Serviços, podemos falar que também somos exemplos, com o setor dos Shoppings Centers tendo as principais redes  instaladas no nosso território e, ainda, algumas guerreiras do varejo que lutam para sobreviver no nosso município.

Empreender são para os fortes, corajosos, antifrágeis, quiçá loucos como nós.

Entretanto, em especial no Rio de Janeiro, isso torna-se mais desafiador ainda, e porque não dizer um ato quase impossível.

A grande maioria dos indicadores apontam adversidades inacreditáveis de serem superadas, a exemplo a total falta de apoio do estado e do município ao empreendedor carioca, o excesso de burocracia que o empresário enfrenta no seu cotidiano, a falta de segurança e aumento do poder paralelo em determinados pontos da cidade, o que leva o comércio local a ter que se submeter ao pagamento de “taxas” para esses “pseudos poderes”, perda substancial do poder aquisitivo da população carioca em decorrência do desemprego em massa, ocasionando  vendas baixas e consequentemente o fechamento de milhares de empreendimentos, dentre outros problemas profundos que atravessamos na saúde , educação e demais setores de responsabilidade do poder público.

Apesar disso tudo, nossa cidade continua Maravilhosa e nós como “Embaixadores” dela, temos o dever como cidadãos cariocas de contribuirmos para em conjunto criarmos alternativas de melhoria.

Após diversos encontros com empresários dos mais diversos tamanhos e segmentos conseguimos concluir que, se faz necessário o estímulo ao pequeno negócio, com a criação de uma atmosfera favorável ao empreendedorismo. Este pequeno empreendedor em um ambiente positivo gera emprego, renda e possibilita o aumento de arrecadação de impostos.

Para que os empresários, seja qual for o tamanho resolvam  investir na nossa cidade é preciso que o poder público pense em atraí-los novamente.

No nosso entendimento para que o investidor volte a se interessar no Rio é de vital importância que sejam revisitados alguns conceitos da nossa cidade e que sejam investidos valores que certamente trarão retorno, como:

– Refazer o Planejamento da cidade pensando no empreendedorismo;

– Repensar a Infraestrutura e a logística local;

– Desburocratizar a vida do empreendedor;

– Aperfeiçoar e qualificar a mão obra através da abertura de escolas de capacitação no varejo;

– Repensar a redução da carga tributária;

– Estudar o mercado, as oportunidades e os novos negócios que podem ser desenvolvidos;

– Incentivar a criação de parques industriais e cooperativas;

– Fomentar atividades econômicas através de feiras e eventos;

Além disso tudo, não podemos nos esquecer que o mais importante é cuidar e dar carinho para a nossa cidade que está sendo literalmente humilhada na forma como está sendo tratada.

A tarefa de ter uma cidade melhor não é fácil, mas se cada um de nós fizermos o nosso dever de casa esta missão será menos árdua.

– Salve o nosso Rio de Janeiro e o Brasil;

– Salve o Povo Carioca e todos os Brasileiros;

– Salve o Time GSPP.

GSPP Carioca de nascença que ama e acredita no Rio e no Brasil!!!

Saiba Mais